Alberto Salazar é acusado de dopar seus atletas

05/06/2015 09:26

O treinador Alberto Salazar, do Oregon Project (Nike), um dos profissionais mais poderosos e respeitados nos EUA, está sendo acusado de ter incentivado seus atletas a se doparem, no melhor estilo “vencer a qualquer custo”.

As acusações partem de Steve Magness, que foi treinador assistente de Salazar, e de outros atletas que fizeram parte do programa, como a maratonista Kara Goucher.

Magness teve acesso à documentos que registravam que Gallen Rupp, recordista americano dos 10 mil metros e medalha de prata nas olimpíadas de Londres teria tomado testosterona quando tinha apenas 16 anos. Rupp é parceiro de treino de Mo Farah, que, por enquanto, não teria envolvimento com o esquema.

Mary Cain, uma das atletas mais promissoras dos EUA abandonou o Oregon Project recentemente, o que levanta suspeitas de que tenha tomado essa decisão, talvez por não ter aceitado o estilo “durão” do todo poderoso Salazar.

Tanto Salazar como Rupp negam as acusações, claro. As denúncias partiram do programa Panorama da BBCe a reportagem foi feita em parceria com o jornalista David Epstein, do site ProPublica, , autor do livro Sports Gene.

Assista o programa “Catch me if you can”(Pegue-me se for capaz) abaixo (em inglês):