Asafa Powell vence 100 m com categoria no Grande Prêmio Brasil Caixa Pará de Atletismo

10/08/2014 11:42

O jamaicano Asafa Powell mostrou que está voltando rapidamente à melhor forma, ao vencer os 100 m no 30º Grande Prêmio Brasil Caixa de Atletismo com 10.02, sua melhor marca na temporada. O Meeting acontece na manhã deste domingo (dia 10), no Estádio Olímpico do Pará, em Belém.

"Foi muito competir aqui, com o apoio do público", disse Asafa Powell, de 31 anos, ex-recordista mundial da prova com 9.72. "Estava preocupado com o Marvin Bracy, que é jovem e vem conseguindo boas marcas", prosseguiu o velocista, a respeito do norte-americano que ficou em segundo lugar com 10.14 (Bracy ganhou prata nos 60 m no Mundial Indoor da Polônia, este ano). O terceiro foi Dentarius Locke, também dos Estados Unidos, com 10.17.

"Estou gostando muito de Belém e ainda hoje quero experimentar açaí", brincou ao responder a pergunta de jornalistas locais, na zona mista do Estádio. "Agora quero melhorar minha marca este ano e iniciar uma séria preparação para buscar um lugar na Olimpíada de 2016 (no Rio de Janeiro)", completou Asafa.

Outro bom resultado quem conseguiu foi a brasileira Jucilene Sales de Lima. Ela foi a campeã do lançamento do dardo com 61,99 m. Além do título, Jucilene quebrou o recorde brasileiro da prova em um centímetro. O recorde anterior era dela mesma e de Sueli Pereira dos Santos, com 61,98 m. "Vencer é sempre bom, ainda mais com recorde", falou a brasileira nascida na Paraíba.

Duas outras atletas do Brasil completaram o pódio: Rafael Torres Gonçalves, segunda colocada com 56,60 m e Laila Ferrer Domingos, terceira com 55,91.

Nos 100 m feminino, dobradinha dos Estados Unidos. A campeã foi Barbara Pierre, com 11.29, e a vice-campeã foi Tiffany Townsend, com 11.39. Rosângela Santos, do Brasil ficou em terceiro lugar, com 11.47.

O brasileiro radicado no Japão Mahau Suguimati venceu os 400 m com barreiras, com a marca de 49.09. O porto-riquenho Eric Alejandro foi o segundo com 49.11, e o norte-americano Justin Gaymon o terceiro, com 49.53.

Nos 3.000 m, a esperada vitória do queniano John Kipkoech, número 5 do mundo. Ele fez a prova em 7:56.36. Younés Essalhi (Marrocos) foi o segundo colocado com 7:56.50, e Marvin Blanco (Venezuela) o terceiro, com 7:58.13.

No salto em distância, o bicampeão mundial indoor Mauro Vinícius Duda da Silva obteve sua primeira vitória, depois de voltar às competições após recuperar-se lesão. Ele teve apenas dois saltos validados e num deles marcou 7,74 m, o que lhe garantiu a medalha de ouro. "Estou voltando, sem forçar demais, sinto que estou evoluindo", disse Duda.

Dois brasileiros completaram o pódio: Higor Silva foi o segundo com 7,72 m e Paulo Sergio dos Santos Oliveira o terceiro, com 7,62 m. Paulo Sergio superou Damar Frobes, da Jamaica, quarto com 7,55 m.