Bolt enfrenta medalhistas olímpico e pan-americano em desafio no Rio

28/03/2015 12:37

No evento "Bolt Contra o Tempo", jamaicano disputará provas mano a mano contra Ryan Bailey, Churandy Martina e um atleta brasileiro, que sairá de classificatório.

 

De volta ao Rio de Janeiro para mais um "Bolt Contra o Tempo", o homem mais veloz do mundo conheceu seus adversários para o evento que acontecerá no Rio de Janeiro, no dia 19 de abril. O jamaicano vai enfrentar o norte-americano Ryan Bailey, medalhista olímpico de prata no revezamento 4x100m em Londres-2012, e o holandês Churandy Martina, ouro nos Jogos Pan-Americanos do Rio-2007. Além dos dois estrangeiros, Bolt ainda terá pela frente um atleta brasileiro, que sairá de um classificatório realizado no dia 18 de abril, um dia antes do Mano a Mano, no Jockey Club do Rio.

A fórmula será a mesma do evento ocorrido no ano passado, quando o campeão olímpico e mundial dos 100m, 200m e 4x100m encarou atletas estrangeiros convidados e um velocista brasileiro em uma pista de 100m montada nas areias da praia de Copacabana. O astro jamaicano não teve muito trabalho e venceu o desafio com folga. 

Leia maisBolt Contra o Tempo: Alan Fonteles é confirmado e faz desafio ao jamaicano
Confirmado: Jockey Club do Rio sedia desafio Bolt Contra o Tempo no dia 19 de abrilNo primeiro ano do evento, Usain Bolt também ''tirou onda'' em solo carioca. Na prova de 150m realizada em 2013, ele deixou os concorrentes para trás com sobras. E, para completar a festa, arriscou a comemoração com alguns passos de funk ao lado das corredoras brasileiras que participaram do evento. 

Bolt disputou poucas competições em 2014. Ele voltou a competir no fim do mês passado, em uma disputa de revezamento em seu país. Antes última prova do velocista tinha sido no dia 23 de agosto do ano passado, quando percorreu os 100m em 9s98 em Varsóvia, na Polônia. Pouco depois, ele sofreu uma lesão no pé e ficou fora de uma competição em Zurique, na Suíça. A principal disputa do corredor no ano será em agosto, quando acontecerá o Mundial de Atletismo de Pequim, na China.