Bolt vê prova em Londres como teste e afirma não ligar para marcas de Gatlin

23/07/2015 16:11

Jamaicano acredita que um bom tempo nos 100m o recolocará no patamar de favorito.

Até o momento, os tempos na temporada estiveram longe das marcas que o tornaram uma lenda. Sem correr abaixo da casa de 10 segundos nos 100m e da casa dos 20s nos 200m, Usain Bolt viu a pressão por resultados aumentar. Sem competir nas etapas de Paris e Lausanne da Diamond League, o jamaicano sente a cobrança bem forte para a competição em Londres. No palco em que sagrou-se bicampeão olímpico nas duas provas, o Raio voltará a correr nesta sexta-feira em busca de uma panorama real sobre o que deve apresentar no Mundial de Pequim, de 22 a 30 de agosto.

Inscrito para disputar os 100m, Bolt correrá a distância pela primeira vez desde que cravou 10s12 no Rio de Janeiro, em 19 de abril. A última vez que ele esteve na pista em uma competição foi em 13 de junho, em Nova York, quando disputou os 200m. De lá para cá, desistiu de comparecer a eventos devido a uma lesão na região pélvica e viu as especulações sobre sua boa forma para as provas de velocidade aumentar.

- Não saberei realmente se estou pronto até esta sexta, mas vim treinando realmente duro e trabalhando no que preciso trabalhar. Vamos ver o que acontece. Vou ter a chance de me concentrar no campeonato. É tudo sobre executar bem minha corrida. Se eu fizer isso direito, saberei que estou em boa fora. A maioria das minhas corridas nesta temporada foi realmente ruim. Mas estou focado na competição agora. É sobre dar um passo de cada vez e ficar pronto para Pequim – disse, em entrevista coletiva.

Enquanto colecionou tempos fracos, Bolt viu à distância alguns de seus principais rivais no cenário mundial voarem na pista. Com os melhores tempos do mundo nos dois eventos, Justin Gatlin é quem mais se destacou até o momento: nos 100m, correu abaixo de 9s80 em quatro oportunidades em 2015. O americano, porém, não estará no evento desta sexta.

- Só preciso de uma prova para correr na casa de 9s7, então para mim não importa o tempo dos outros. Não me preocupo com tempos. Todo mundo sabe que estou sempre pronto para os grandes campeonato. Sei que ele (Gatlin) está bem nesta temporada, mas todo mundo sabe sobre mim, sabe o que vou mostrar.