Brasil começa bem seletiva para os Jogos Olímpicos da Juventude

18/05/2014 11:11
O Brasil começou bem a Seletiva Sul-Americana para os Jogos Olímpicos da Juventude neste sábado 17, nos Estádios Pedro Grajales e Pascual Guerrero, na cidade de Cali, na Colômbia. A competição termina neste domingo. Os Jogos serão em Nanjing, na China, em agosto.

No salto com vara, dois brasileiros subiram ao pódio. Bruno Spinelli ganhou ouro, com 4,81 m (melhor marca pessoal) e Micael de Oliveira Cruz ficou com o bronze, com 4,46 m. O peruano Josué Gutierrez foi prata, com 4,51 m.

No salto em altura, Danilo Cardoso venceu a prova, com 2,01 m, também melhor marca pessoal, seguido do panamenho Jaime Escobar, com a mesma marca.

Já Mirna Marques da Silva, campeã sul-americana juvenil, venceu os 100 m, com 11.84. A colombiana Evelin Rivera Banquett ficou em segundo lugar, com 11.92, enquanto a equatoriana Maribel Caicedo terminou em terceiro, com 12.03.

Rodrigo Valério Silva ganhou os 1.500 m, com 4:01.27. Sebastian Rodriguez, da Colômbia, foi prata, com 4:01.50, seguido do argentino Jonathan Lobo, com 4:01.81.

No lançamento do dardo, Pedro Luiz Barros conquistou a medalha de prata, com 66,83 m. O ouro foi para o colombiano Luis Ibarguen, com 69,32 m. O argentino Lucas Ancaten assegurou o bronze, com 64,02 m.

No arremesso do peso, dois brasileiros no pódio: Cleverson Oliveira foi prata, com 17,05 m, seguido de Josiel Eugênio de Sousa, com 15,72 m. O campeão foi o argentino Julian Pereira, com 18,71 m.

Beatriz da Silva Diogo ganhou bronze no salto triplo, com 12,22 m. Nhayilla Cuesta, da Colômbia, foi a campeã, com 13,10 m, seguida da boliviana Valeria Fuentes, com 12,49 m.

No lançamento do disco, Samara Furtado obteve o terceiro lugar, com 39,92 m. O ouro foi para a venezuelana Alexandra Yerilda (42,82 m), seguida da argentina Ailen Armada (42,35 m).