Brasil participa do Mundial de Ultramaratona

17/11/2014 15:29

 Reconhecido pela Associação Internacional de Federações de Atletismo (IAAF), o Campeonato Mundial de Ultramaratona (100 km) será disputado na próxima sexta-feira dia 21, em Doha, no Catar, com a organização da Associação Internacional de Ultramaratonistas (IAU). O Brasil participa com uma equipe de quatro corredores, inscritos pela CBAt. Segundo o site oficial da entidade, a competição reunirá o número recorde de cerca de 200 atletas de 39 países.

Os representantes brasileiros serão Marcos Paulo Espírito Santo, Eduardo Silvério Calisto, Sinval Moreira Aguiar e Márcio Batista de Oliveira, todos corredores experientes, com muitas participações em provas de resistência.

A equipe viaja às 23:40 desta segunda-feira pelo voo Etihad (EY 190) no Aeroporto Internacional de Cumbica, em Guarulhos. A delegação faz uma escala em Abu Dabi, nos Emirados Árabes Unidos, e depois segue para Doha, no Catar.

De acordo com o site www.iau-ultramarathon.org, que apresenta a lista de corredores oficialmente inscritos no evento, Márcio Batista de Oliveira tem o melhor resultado entre os brasileiros, com o tempo de 6:47:28.

A prova será disputada em 20 voltas num circuito de 5 km e a largada está prevista para as 18 horas (13 horas de Brasília) para os atletas serem poupados do sol forte e do calor estimado em cerca de 30 graus.

Eduardo Silvério Calisto garante não estar preocupado com o caráter exótico da prova. Ele lembra ter participado da Ultramaratona do Deserto do Vale da Morte, nos Estados Unidos, em julho de 2013, quando chegou na 36ª posição entre 100 competidores. Na época, correu 217 quilômetros. "Claro que vamos encontrar dificuldades porque o clima lá é quente e seco, mas vamos correr à noite e isso ajuda", comentou o atleta de 44 anos, nascido em Santa Rita do Sapucaí (MG).

Para uma prova tão complexa, os quatro atletas, denominados o "Quarteto Fantástico", contam com uma boa equipe de apoio. Os treinadores são Mariano Silvério de Moraes e Herói Fung, com coordenação de Oscar Francisco Prisco Silva e Cláudio Levi. Leonardo Lucas de Freitas e Marcos Antonio Gonçalves Junior ajudarão na indispensável cobertura (água, alimentação, suplementação, apoio psicológico etc).