Brasil tem 10 atletas no primeiro dia no Mundial de Juvenis

22/07/2014 10:51
O Brasil entra com dez de seus 23 atletas inscritos logo no primeiro dia do Campeonato Mundial de Juvenis, nesta terça-feira 22, no tradicional Estádio Hayward Field, no campus da Universidade do Oregon, na cidade de Eugene, nos Estados Unidos. A competição prossegue até domingo 27, com uma lista preliminar de 1.540 atletas representando 167 países.

A lista oficial de participantes, assim como a divisão de atletas por provas e séries, só será no congresso Técnico do Mundial, previsto para as 20 horas de Brasília (16 horas locais), desta segunda-feira 21.

A delegação brasileira está animada com a participação no torneio, para atletas com até 19 anos. "Estou ansioso e não vejo a hora de conhecer a pista", disse Julio Cesar do Nascimento, que corre as eliminatórias dos 110 m com barreiras, ao lado de Gabriel de Oliveira Constantino, nesta terça. "É uma prova rápida, que exige concentração para evitar qualquer erro", comentou Julio Cesar, recordista brasileiro da categoria, com 13.58 (1.1).

Outra atração do dia é Thiago André, que corre as eliminatórias dos 1.500 m. Sétimo colocado no Ranking da IAAF na temporada, com 3:40.59, e recordista sul-americano, ele procura mostrar tranquilidade. "Temos de pensar etapa por etapa. Estou bem e o objetivo é chegar à final", lembrou o fluminense de 18 anos, medalha de prata no Pan-Americano de Juvenis do ano passado, em Medellín, na Colômbia.

Outros atletas brasileiros com participação nesta terça-feira ainda são Edivania Araújo, na qualificação do lançamento do dardo Vitor Hugo dos Santos, Tamiris de Liz e Vitória Cristina Rosa, nas eliminatórias dos 100 m e Janaína Fernandes, na qualificação do salto em distância.

Decatlo - Já Jefferson de Carvalho dos Santos e Alex Aparecido Soares disputam nesta terça as cinco primeiras provas do decatlo, a partir das 14:25 de Brasília: 100m, salto em distância, arremesso do peso, salto em altura e 400 m.

"Vou tentar melhorar minhas marcas e meu recorde pessoal", disse o paulista Jefferson, que fez este ano 7.527 pontos (12º no Ranking da IAAF). "Ele e o Alex treinaram bem nos últimos dias e vamos torcer para que tudo dê certo", comentou José Cordeiro de Carvalho, técnico de Jefferson e integrante da delegação em Eugene.

Além de enfrentar os melhores atletas do mundo os brasileiros estão vivendo outra experiência. Todos estão alojados nos prédios reservados para os estudantes da Universidade do Oregon e têm de conviver com banheiros coletivos, limpeza de seus dormitórios e refeitórios, comuns em Olimpíadas, quando representantes de vários países dividem a mesma mesa. Tem à disposição comida ocidental e oriental para atender a todas as culturas.

A variação climática é outra dificuldade. Nesta segunda-feira, a madrugada registrou 8 graus no verão de Eugene. Até o fim do dia a temperatura deve chegar aos 24 graus, com possibilidades de chuva.