Brasileiros na pista do Ninho do Pássaro no segundo dia do Mundial de Atletismo

22/08/2015 07:01
Mais seis brasileiros estreiam no Mundial de Atletismo, neste domingo cedo (dia 23), em Pequim, sábado (22), em Brasília. O Campeonato está sendo disputado no Estádio Nacional da China, o Ninho do Pássaro, onde foi realizado o torneio de Atletismo da Olimpíada de 2008.

O primeiro a competir é o marchador Caio Bonfim, que fará os 20 km a partir das 08:30, de domingo, hora local (21:30 de sábado, em Brasília). "O Caio está bem e focado na competição", disse seu pai e treinador, João Sena.

Às 10:05 de domingo (23:05 de sábado, em Brasília), Darlan Romani entra no campo para a prova de qualificação do arremesso do peso. Ele tem 20,90 m e o objetivo este ano é alcançar os 21 metros. "Estou preparado e vontade não falta", diz o arremessador. Caso passe pela qualificação, Darlan volta à pista às 19:00 (08:00) para a final.

Pouco depois, às 11:10 (00:10), Hugo Balduíno e Hederson Estefani farão a preliminar dos 400 m. "A meta é passar à segunda fase, bem treinado os atletas estão", explica o técnico Evandro De Lazari.

Finalmente, ao meio dia, hora local (01:00, em Brasília), Rosângela Santos entra na pista para fazer os 100 m, distância em que já correu duas vezes 11.04 este ano. "Estou bem e tranquila", disse a velocista que também fará o 4x100 m, neste Mundial.

Vanessa Spínola volta à pista neste domingo. Pela manhã tem o salto em distância e o lançamento do dardo pelo heptatlo, e à noite, completa a série com os 800 m. Após as duas primeiras provas (100 m com barreiras e salto em altura), disputados neste sábado pela manhã, Vanessa havia somado 1.769 pontos, enquanto a líder Jessica Ennis-Hill (Grã-Bretanha) tinha 2.192.

OS PRIMEIROS NA PISTA
Os primeiros atletas a defender o Brasil neste Mundial de Pequim 2015 competiram na manhã deste sábado na capital chinesa (sexta-feira à noite, em Brasília). Os primeiros foram os maratonistas. Solonei Rocha dos Santos terminou em 18º lugar com 2:19:19.

"Não estou feliz por terminar entre os 20 primeiros e correr abaixo de 2:20:00, meu objetivo era correr na casa de 2:10", disse Solonei, após a prova. "Mas embora o dia hoje esteja bom (sem muita poluição e Umidade na casa dos 6º %) a prova não foi rápida, tanto que o campeão (Ghirmay Ghebreslacie, da Eritreia) fez 2:12.27", disse. Completaram o pódio o etíope Yemane Tsegay, prata com 2:13:07, e Munyo Solomon (Uganda), com 2:13:29.

Geisa Arcanjo foi 15ª na qualificação do arremesso do peso feminino, com 17,42 e ficou a três posições e 31 cm de alcançar um lugar na final. Keely Medeiros foi a 24ª com 15,17 m. A melhor marca da fase foi da alemã Christina Schwanitz, com 19,39 m.

Na qualificação do lançamento do martelo masculino, Wagner Domingo foi o 22º na classificação geral, com 71,82 m, e não passou à final. O melhor foi o polonês Pawel Fajdek, com 78,38 m. Nos 800 m masculino, Cleiton Abrão foi o sétimo na série 6 da fase preliminar, com 1:49.79 e não passou à semifinal. O primeiro da fase foi o queniano Fergunson Cheruyot Rotich, com 1:45.83.