Campeão olímpico transexual faz ensaio e revela novo nome: "Caitlyn"

03/06/2015 09:07

Em entrevista à "Vanity Fair", o americano Bruce Jenner, campeão olímpico no decatlo em 1976, diz que vivia uma grande mentira antes de assumir sua identidade feminina.

 
Estrela do esporte americano nas décadas de 1970 e 1980, Bruce Jenner, atualmente aos 65 anos, é a capa da revista "Vanity Fair" de junho. Em um ensaio comandado pela renomada fotógrafa Annie Leibovitz, o campeão olímpico no decatlo nas Olimpíadas de Montreal, em 1976, mostra o visual que adotou após ter assumido sua transexualidade e o desejo de viver como uma mulher. Além da mudança radical na aparência, Bruce agora também tem um novo nome:

- Me chame de Caitlyn - pede Jenner, na entrevista exclusiva concedida à revista.
Nos últimos meses, Jenner voltou a aparecer com frequência na mídia por causa de suas polêmicas transformações visuais. O campeão olímpico vinha passando por cirurgias e intervenções no rosto e nos lábios para adquirir uma aparência feminina. Segundo a reportagem da "Vanity Fair", ela passou por uma cirurgia de 10 horas para a feminização de sua face em março. Na entrevista para a edição deste mês, ela conta mais sobre o processo e diz que sua vida antes da mudança era uma "mentira".

- Se eu estivesse deitada no meu leito de morte e tivesse guardado esse segredo, estaria mentindo e dizendo: "Você deixou a sua vida passar". Estava sempre contando mentiras. Agora não há mais mentiras - conta Caitlyn. Após a capa da revista ter sido divulgada, Caitlyn criou uma conta verificada no Twitter, já com o novo nome. 


- Estou tão feliz depois dessa longa batalha para viver o meu verdadeiro eu. Bem-vinda ao mundo, Caitlyn. Mal posso esperar para você conhecê-la - postou Jenner em sua primeira publicação.