Candidato a chefe da IAAF, Bubka quer mais torneios em locais públicos

10/04/2015 20:51

Lenda do salto com vara divulga manifesto de candidatura e mira aproximar o atletismo do público. Eleições são em agosto.

 

Lenda do salto com vara, o ucraniano Sergey Bubka lançou na quarta-feira seu manifesto de candidatura à presidência da IAAF (Federação Internacional de Atletismo). O campeão olímpico e hexa mundial apostou na aproximação do público com as competições de atletismo para a sua plataforma de campanha, prometendo realizar mais competições em espaços públicos. A eleição será em agosto e o principal adversário do ucraniano é o britânico Sebastian Coe, que comandou o comitê organizador das Olimpíadas de Londres 2012.

- Temos a oportunidade de nos aproximar do público. Pode ser em praças, ruas ou shoppings. Eu me lembro de competir assim quando era atleta, e era muito atrativo - disse Bubka em seu manifesto.

Dono de 35 recordes mundiais até ser superado pelo francês Renaud Lavillenie no ano passado, o ucraniano era vice-presidente do atual chefe da IAAF, o senegalês Lamine Diack. Bubka deixou o cargo na entidade máxima do atletismo para concorrer à presidência do COI (Comitê Olímpico Internacional), mas perdeu para o alemão Thomas Bach nas eleições de 2013. A lenda do atletismo também é presidente do comitê olímpico de seu país.

Além da aproximação do atletismo com o público, o candidato à presidência da IAAF propôs uma reestruturação do calendário da modalidade, o maior uso da tecnologia, o foco no atletismo juvenil, a promoção de eventos mistos e o combate ao doping. Bubka se disse satisfeito com a forma com que a Wada (Angência Mundial Antidoping) está lidando com a crise de dopagem no atletismo russo.

- Trapaceiros serão punidos. Precisamos proteger e destacar os atletas limpos. Precismos estudar como podemos fortalecer legalmente as sanções - disse o ucraniano.

A plataforma de candidatura de Bubka é muito semelhante à de Sebastian Coe. O bicampeão olímpico dos 1.500m rasos também falou em mudança no calendário da modalidade, no engajamento dos jovens atletas, no combate ao doping e na promoção de torneios em espaços públicos.