Caso Pistorius: defesa prepara patologista para depor no tribunal

02/04/2014 10:10

Julgamento do atleta sul-africano continua a partir da próxima semana 

 

Os advogados de Oscar Pistorius já começaram a preparar o plano de defesa do atleta, que será apresentado a partir da próxima semana. Segundo a agência de notícias ''AP'', um patologista deve ser a primeira testemunha a falar na corte de Pretória. De acordo com o informado pelo defensor Brian Webber, o professor Jan Botha deve falar antes mesmo de Oscar Pistorius, que tem seu depoimento aguardado.

A promotoria já terminou a acusação formal ao atleta paralímpico. O sul-africano é acusado de assassinar a namorada Reeva Steenkamp em 14 de fevereiro de 2013. Pistorius alega que confundiu a companheira com um intruso dentro de sua casa. Caso seja considerado culpado, o sul-africano pode pegar pena de 15 anos à prisão perpétua, com direito a solicitar liberdade condicional depois de 25 anos.

Na semana passada, foi divulgado que o julgamento de Pistorius vai se estender por mais dois meses. Iniciadas no dia 3 de março, as sessões já haviam sido prorrogadas para o início de abril e, após consenso entre defesa e promotoria, foram novamente adiadas. As partes concordaram com um recesso, deixando a decisão sobre o futuro do astro paraolímpico para o dia 16 de maio.