Codó revela planos após convocação para o Pan: "Ainda mais perto de 2016"

11/06/2015 17:31

Velocista compõe seleção brasileira no Canadá e considera caminho certo para as Olimpíadas do Rio. Antes do Pan, atleta do CT Piauí usa Sul-Americano como teste.

 

O índice tinha sido alcançado no Troféu Brasil, em maio. Porém, ter o nome na lista dos 88 competidores convocados para os Jogos Pan-Americanos de Toronto, no Canadá, divulgada na última segunda-feira, renovou a alegria do velocista José Carlos Moreira, o Codó. Lá, o atleta buscará a sua segunda medalha no torneio (a primeira, no revezamento 4x100m em 2007) e o esforço será maior para a primeira – quem sabe – no individual, na prova dos 100m. Os 32 anos de Codó rejuvenesceram com a chance de pódio no Pan em ano pré-olímpico. 

- Vai ser o meu segundo Pan, mas esse espírito de ansiedade, de chegar logo o dia da competição, é o mesmo da estreia devido à importância da competição. Por isso, é uma felicidade que não conseguimos descrever, só treinar ainda mais porque a competição está próxima. O objetivo é ir à final dos 100m, brigar pela medalha individual e, assim, classificar para a equipe brasileira no Mundial – ressaltou Codó.

Maranhense, o atleta passou a competir em 2015 pelo clube CT Piauí, estado por onde foi filiado no começo da carreira. Para quem brincava de jogar bola na infância até a primeira participação nos Jogos Escolares de 2008, a brincadeira nas pistas é séria, principalmente porque está em jogo competir em casa, nas Olimpíadas do Rio. Codó sente que tudo segue o caminho para 2016.Esse começo de ano tem sido mágico, estou satisfeito. O fato de ir ao Pan sinto que estou ainda mais perto de 2016, onde todos os atletas querem participar. Por isso, me dedico bastante, sem falar no Mundial de Pequim. Pretendo continuar melhorando meus resultados e vale cada esforço, a ralação no treinamento intenso diário. Não é fácil, mas a concentração é importante – conta Codó.

Antes do Pan-Americano, o velocista compõe a seleção brasileira no Campeonato Sul-Americano de Atletismo, em Lima, Peru. Codó quer usar a competição como teste para os Jogos de Toronto, que serão disputados entre os dias 10 e 26 de julho.