Com índices para a Olimpíada, Keila e Andressa brilham no Troféu Brasil Caixa

15/05/2015 20:34

Keila Costa (BM&FBovespa) e Andressa Oliveira de Morais (Pinheiros) comemoraram na tarde desta sexta-feira (dia 15) os índices para os Jogos Rio 2016 no segundo dia de competições do Troféu Brasil Caixa de Atletismo, na Arena Caixa, no Centro de Atletismo Professor Oswaldo Terra, em São Bernardo do Campo.

Voltada para o salto triplo, que será disputado domingo (dia 17), Keila deixou o estádio do ABC paulista, com lágrimas nos olhos, de felicidade. A pernambucana obteve os índices exigidos no salto em distância para o Pan-Americano de Toronto, para o Mundial de Pequim e para a Olimpíada do Rio. Ela saltou 6,70 m, com 1.3 de vento, na quarta tentativa, garantindo a medalha de ouro e mais um título brasileiro na carreira.

"Entrei muito animada para o Troféu Brasil porque comecei 2015 sem lesão. Fiz um camping de cinco semanas nos Estados Unidos, onde participei de três competições e peguei ritmo. Estou bem segura e focada nos próximos eventos importantes", comentou Keila, emocionada. "Agora é focar no triplo e tentar outro bom resultado. O triplo é a minha prova preferida", completou a atleta, que tem vários títulos importantes, como a medalha de bronze no salto em distância no Mundial Indoor de Doha, no Catar, em 2010.

A paraibana Andressa, por sua vez, ratificou a qualificação para as principais competições deste ciclo. Ela havia conseguido 63,14 m, no dia 3 passado, no Ibirapuera, em São Paulo. Nesta sexta-feira, venceu o lançamento do disco, com 64,15 m, novo recorde do torneio. O anterior era de 61,96 m, de Elisangela Adriano, desde 1998. A marca completaria 17 anos no próximo dia 21.

"Queria bater o meu recorde sul-americano (64,21 m), mas errei um pouco na parte técnica. De qualquer forma, acertei um lançamento. É mais um título brasileiro, vaga para o PAN, Mundial e Olimpíada. Não posso ficar triste, muito ao contrário", afirmou Andressa, feliz com a vitória.

A campeã mundial de juvenis, Izabela Rodrigues da Silva (BM&FBovespa), ficou em segundo lugar, com 58,81 m, novo recorde pessoal.

Salto com vara - Outro destaque da tarde foi o paulista Thiago Braz (Orcampi/Unimed), que o obteve o primeiro título da carreira no Troféu Brasil Caixa. Conseguiu também os índices para o PAN de Toronto e para o Mundial da China. "Foi minha segunda competição do ano e estou feliz com o resultado", disse o atleta, que mora em Formia, na Itália, desde o final do ano passado. Campeão mundial de juvenis, ele é recordista sul-americano, com 5,83 m.

Arremesso do peso - O catarinense Darlan Romani (BM&FBovespa) confirmou o favoritismo e conquistou a medalha de ouro, com 20,10 m. Ele esperava um resultado melhor. "Meu objetivo é sempre fazer o melhor. É hoje foi o resultado que consegui", lembrou o atleta, pré-qualificado para o Sul-Americano do Peru, PAN e Mundial, que tem 20,90 m como recorde brasileiro.

3.000 m com obstáculos - Nos 3.000 m com obstáculos feminino, vitória de Tatiane Raquel da Silva (Orcampi/Unimed) com 9:57.52. "O vento contra na reta oposta estava forte, então acompanhei as meninas e só fui à frente nos últimos 200 m", disse Tatiane, que já tem índice para o PAN de Toronto, em julho. Ela ficou feliz porque a filha de sete anos, Letícia, assistiu sua vitória.

Salto triplo - Com um salto de 16,36 m na quarta tentativa, Jefferson Dias Sabino (Orcampi/Unimed) venceu o triplo. "Foi meu quinto título no Troféu Brasil, mas a marca não foi boa, mas acho que o clima não ajudou nenhum dos participantes", disse Jefferson, que agora vai se preparar para o Campeonato Sul-Americano no mês que vem, em Lima, no Peru.

O Troféu Brasil Caixa de Atletismo é uma realização da Confederação Brasileira e da Federação Paulista, com apoio do Governo do Estado de São Paulo e Prefeitura de São Bernardo com Campo, e patrocínio da Caixa Econômica Federal.

Pódio 4ª etapa

400 m masculino
1º Hugo Balduino (BM&FBovespa) 45.44
2º Hederson Estefani (Pinheiros) 45.46
3º Jonathan Henrique da Silva (Orcampi/Unimed) 46.15

400 m femnino
1º Geisa Coutinho (Orcampi/Unimed) 51.43
2º Joelma Sousa (Pinheiros) 52.60
3º Jailma de Lima (BM&FBovespa) 52.61

800 m feminino
1º Flavia Maria de Lima (ARPA S J Rio Preto) 2:02.03
2º Juliana Paula Gomes dos Santos (BM&FBovespa) 2:06.51
3º Christiane Ritz dos Santos (Pinheiros) 2:07.58

1.500 m masculino
1º Thiago André (BM&FBovespa) 3:42.07
2º Carlos dos Santos (EC Rezende) 3:45.47
3º Lutimar Abreu Paes (BM&Fbovespa) 3:46.17

100 m com barreiras feminino
1º Adelly Oliveira Santos (BM&Fbovespa) 13.06
2º Fabiana dos Santos Moraes (EC Rezende) 13.21
3º Gabriela de Farias Lima (Brasil Foods/ILF) 13.56

Salto com vara masculino
1º Thiago Braz da Silva (Orcampi/Unimed) 5,65 m
2º Augusto Dutra de Oliveira (BM&Fbovespa) 5,55 m
3º Abel Curtinove (Pinheiros) 5,30 m

Salto em distância feminino
1º Tania Ferreira da Silva (BM&Fbovespa) 6,70 m
2º Tania Ferreira da Silva (BM&Fbovespa) 6,68 m
3º Jessica Carolina dos Reis (ASA-São Bernardo/Caixa) 6,42 m

Arremesso do peso masculino
1º Darlan Romani (BM&Fbovespa) 20,10 m
2º Nelson Henrique Gonçalves (AMIPEL Ligeirinho) 19,60 m
3º Henrique Pacheco (CSS II Exército) 18,44 m

Salto triplo masculino
1º Jefferson Dias Sabino (Orcampi/Unimed) 16,36 m
2º Alexsandro do Nascimento (Orcampi/Unimed) 16,28 m
3º Jean Cassimiro Rosa (EC Rezende) 16,21 m

Lançamento do disco feminino
1º Andressa Oliveira de Morais (Pinheiros) 64,15 m - Recorde do Campeonato
2º Izabela Rodrigues da Silva (BM&FBovespa) 58,81 m
3º Fernanda Raquel Borges (BM&Fbovespa) 57,87 m 

4x100 m feminino
1º Pinheiros - 44.01
2º BM&Fbovespa - 44.32
3º ASA São Bernardo - 46.00

4x100 m masculino
1º FCTE - 39.24
2º BM&FBovespa - 39.58
3º ASA São Bernardo - 40.29

3.000 m com obstáculos feminino
1º Tatiane Raquel da Silva (Orcampi/Unimed) 9:57.52
2º Erika Oliveira Machado (Pinheiros) 10:03.26
3º Sabine Heitling (AMO) 10:20.62

Heptatlo
1º Vanessa Spinola (Pinheiros) 5915 pontos
2º Giovana Cavaleti (ASA-São Bernardo/Caixa) 5760
3º Tamara Alexandrino (Pinheiros) 5574 pontos