Começa o Mundial Indoor e Duda da Silva estreia de olho no bicampeonato

05/03/2014 23:38

Com a participação de três dos sete integrantes da Seleção Brasileira, a 15ª edição do Campeonato Mundial Indoor começa nesta sexta-feira 7 e prossegue até domingo 9, na Ergo Arena, na cidade polonesa de Sopot. A competição, organizada pela Associação Internacional de Federações de Atletismo (IAAF), recebeu a inscrição de 587 atletas (310 homens e 277 mulheres), de 141 países.

Logo no primeiro dia está prevista a estreia de Mauro Vinícius "Duda" da Silva, que vai defender o título de campeão mundial obtido no salto em distância em Istambul, na Turquia, em 2012. O atleta paulista participa da qualificação a partir das 15:20 de Brasília (19:20, hora local).

"Fiz uma preparação boa. Tive algumas lesões e não pude chegar tão forte como gostaria", disse o saltador de 27 anos. "Apesar das dificuldades, estou com boa velocidade e pronto para obter o melhor resultado possível", afirmou.

Duda, que fez a última etapa de preparação no Centro de Alto Rendimento de Jamor, em Portugal, participou de duas competições para avaliação dos treinos. Ficou em quarto lugar no GP Indoor de Birmingham, na Grã-Bretanha, com 7,89 m, e depois na primeira colocação no Campeonato Nacional de Clubes em Pista Coberta de Portugal, em Pombal, com 7,98 m. "Foram duas provas que me serviram de referência em pista coberta", concluiu Duda, que tem 8,28 m como recorde pessoal indoor.

A pernambucana Keila Costa também compete nesta sexta-feira, na qualificação do salto triplo, a partir das 07:20, hora de Brasília. Medalha de bronze no salto em distância no Mundial de Doha, em 2010, no Catar, a brasileira participou de dois torneios preparatórios na Europa: foi terceira colocada no triplo no Meeting de Eubonne, na França, com 13,69 m, e quarta no salto em distância no GP de Birmingham, com 6,36 m.

As finais do salto em distância masculino e do salto triplo feminino estão marcadas para sábado à tarde no horário de Brasília.

O primeiro brasileiro a estrear no Mundial de Sopot será o gaúcho Anderson Henriques. Ele está inscrito nas preliminares dos 400 m, que começam às 06:40, hora de Brasília. Na sexta-feira mesmo estão previstas as semifinais, a partir das 17:15. Finalista dos 400 m no Mundial de Atletismo de Moscou, na Rússia, em 2013, ele foi também à final do revezamento 4x400 m, quando o Brasil obteve a sétima colocação. Na semifinal dos 400 m em Moscou, completou a prova em 44.95, tornando-se o segundo atleta do País a correr a distância em menos de 45 segundos.

Mais quatro atletas - Os outros integrantes da Seleção Brasileira em Sopot são Augusto Oliveira e Thiago Braz, no salto com vara, Franciela Krasucki, nos 60 m, e Fabiana Murer, no salto com vara. Fabiana é a única brasileira campeã mundial ao ar livre (Daegu-2011) e indoor (Doha-2010).

Os sete representantes do Brasil no Mundial contam com o apoio de uma equipe multidisciplinar, como lembra o presidente da CBAt, José Antonio Martins Fernandes. "Os atletas estão assistidos por uma equipe multidisciplinar, que inclui médico, fisioterapeuta, massagista, psicóloga e nutricionista", comentou. "Agora, vamos torcer por nossos representantes, que alcançaram as fortes marcas de qualificação exigidas pela IAAF", completou.

Em toda a história, o Brasil conquistou 14 medalhas nos Mundiais Indoor de Atletismo, inclusive uma de bronze nos 200 m, ganha por João Batista Eugênio da Silva, nos Jogos Mundiais Indoor de Paris, evento que deu origem à competição, disputada oficialmente pela primeira vez em Indianápolis, em 1987, nos Estados Unidos.

Fundada no século VII, à beira do Mar Báltico, Sopot conta hoje com pouco mais de 41 mil habitantes. A Ergo Arena foi inaugurada em 2010 e tem capacidade para receber 11 mil espectadores.