Começou a luta dos atletas no Mundial de Pequim

22/08/2015 06:59 Atletas, treinadores e profissionais de apoio, que compõem a delegação nacional para Mundial de Atletismo Pequim, tiveram a tradicional reunião geral, feita sempre às vésperas da abertura do Campeonato. A competição na manhã deste sábado (dia 22) na China, sexta-feira à noite (dia 21), no Brasil.

O vice-presidente da CBAt, Warlindo Carneiro da Silva Filho, e o chefe da delegação, Mauro Chekin, agradeceram o trabalho de todos os profissionais envolvidos na preparação da Seleção, assim como o esforço e disciplina dos atletas. Eles desejaram a todos que façam o melhor resultado possível no Ninho do Pássaro, estádio onde as provas serão realizadas.

O serviço médico da equipe passou aos atletas a recomendação da IAAF: "Não comer nem beber nada fora doHOTEL EM que estão hospedados." A comida servida nos restaurantes dos hoteis do Mundial é monitorada, para que não se corra o risco de, eventualmente, consumir alguma coisa que possa conter substância de uso liberado para o público em geral, mas proibida no esporte.

Houve a apresentação de vídeo motivacional, realçando a busca do foco pelos atletas, na disputa de suas provas. Por fim, as providências rotineiras, como entrega do número de cada atleta, orientação sobre a antecedência que o atleta deve respeitar antes de suas provas, horário do transporte etc.

A primeira prova do Campeonato será a maratona masculina, que começará às 07:35 deste sábado (20:35 de sexta-feira, em Brasília). O Brasil terá três atletas na prova: Solonei Rocha da Silva (sexto no Mundial de Moscou 2013), Gilberto Silvestre Lopes e Edmilson Santana. Solonei disse que os atletas vieram a Pequim em busca de um grande resultado. "Essa tem que ser a meta permanente do atleta", explicou.