Commonwealth: voltando de lesão, Bolt leva Jamaica à final dos 4x100m

01/08/2014 18:59

Bicampeão olímpico volta a competir após dez meses e lidera jamaicanos na vitória da segunda bateria eliminatória em Glascow, na Escócia, com o tempo de 38s99.

Usain Bolt está de volta. E veloz como sempre. Nesta sexta-feira, o bicampeão olímpico, que não competia desde setembro do ano passado, mostrou que realmente está recuperado de uma lesão no pé que tanto o incomodou e o tirou de todas as provas até seu retorno nos Jogos da Commonwealth, competição entre os países da comunidade britânica, em Glascow, na Escócia. Ao lado da equipe jamaicana, Bolt disputou as eliminatórias dos 4x100m rasos e não decepcionou, vencendo com o tempo de 38s99. A Nigéria foi a segunda, com 39s11, seguida de Cingapura, com 40s05.Fechando o revezamento, o "Raio" recebeu o bastão de Nickel Ashmeade para os 100m finais, e sem forçar, deixou o nigeriano Mark Jelks para trás, se dando ao luxo de diminuir o ritmo nos metros finais. Na largada, o jamaicano Kimmari Roach sentiu uma lesão na perna direita, mas seguiu correndo mesmo assim. Já bem posicionado, Julian Forte recebeu o bastão e manteve a jamaica na briga pela ponta contra a Nigéria e a equipe de Cingapura. Quando recebeu o bastão, Bolt tinha Mark Jelks na sua cola, mas ao menos sem aparentar tanto esforço, Usain logo passou à frente em sua raia e manteve a ponta até o fim.

- Estou aqui pelo público. Amo isso. Amo essa interação - disse Bolt após a prova.

Os times da Austrália e de Monserrat acabaram desclassificados por falhas na passagem do bastão. Estão classificados para a briga por medalhas neste sábado, além da Jamaica, a Nigéria, Canadá, Trinidad & Tobago, Inglaterra e África do Sul. Trinidad teve o melhor tempo das eliminatórias com 38s33, seguido dos ingleses com 38s78.