Dilma indica general Fernando Azevedo e Silva para presidir a Autoridade Pública Olímpica

02/10/2013 15:58

A presidente Dilma Rousseff indicou o general Fernando Azevedo e Silva para presidir a Autoridade Pública Olímpica (APO). A mensagem com a indicação já foi encaminhada para o Senado, onde o general passará por sabatina na Comissão de Assuntos Econômicos (CAE) e terá seu nome apreciado pelo plenário. Ele assume o posto apenas depois de ter sua indicação aprovada pelo Senado.

A APO é o órgão responsável por coordenar a participação da União, do estado do Rio de Janeiro e do município do Rio na preparação e realização dos Jogos de Olímpicos de 2016, que ocorrerão na capital fluminense.

O Ministério da Defesa informou que o general pretende ir ao Senado nos próximos dias para "se colocar à disposição dos parlamentares". Na manhã desta terça-feira, ele se reuniu com o ministro da Defesa, Celso Amorim, e, depois, com o comandante do Exército, general Enzo Martins Peri.

Desde 2012, o general é diretor do Departamento de Desporto Militar do Ministério da Defesa. Ele integrou o grupo responsável pela realização dos 5º Jogos Mundiais Militares, ocorridos em 2011 no Rio de Janeiro. O general também participou da preparação dos militares que disputaram os Jogos Olímpicos de Londres, no ano passado.

O militar é natural do Rio e foi declarado aspirante a oficial da Arma de Infantaria em 14 de dezembro de 1976. Ele foi promovido ao posto atual, de general-de-divisão, em 31 de março de 2011. O general já foi comandante da Brigada de Infantaria Paraquedista (2007 a 2009) e do Centro de Capacitação Física do Exército (2009 a 2011). Também já participou como atleta das equipes das Forças Armadas de Voleibol e Paraquedismo.