Dobradinha brasileira nas duas primeiras finais

01/08/2014 18:57

 

As duas primeiras finais do Campeonato Ibero-Americano de Atletismo, disputadas na tarde desta sexta-feira dia 1º, tiveram "dobradinha" brasileira no Estádio Ícaro de Castro Mello, no Ibirapuera, em São Paulo. No lançamento do martelo, Wagner Domingos bateu duas vezes o recorde brasileiro e conquistou a primeira medalha de ouro da competição, com 74,12 m.

Allan Wolski ficou com a medalha de prata, com 70,81 m, seguido do português Dario Manso, com 69,37 m.

No salto com vara, Patrícia Gabriela dos Santos e Karla Rosa da Silva ficaram com o ouro e prata ao conseguir a marca de 4,10 m - mesmo resultado da argentina Valeria Chiaraviglio, ganhadora da medalha de bronze.

"Fiquei mais de três meses em treinamento na Eslovênia, baseado na cidade de Brezice. É difícil ficar tanto tempo fora de casa, mas é recompensador quando se melhora os resultados", comentou Domingos, conhecido como Montanha no meio do Atletismo, que havia quebrado o recorde brasileiro em julho passado, em Maribor, na Eslovênia, com 73.36 m. "O estágio de treinamento foi muito bom e estou agradecido à CBAt e ao meu clube (BM&FBovespa), que proporcionaram essa oportunidade."

Já Allan Wolski estava mais feliz ainda. Ele também fez o estágio na Eslovênia e ao voltar para o Brasil pegou uma virose, ficando uma semana sem treinar. "Achei que não ia poder render o que estava rendendo pela febre e o tratamento. No final, estou contente e com a sensação de dever cumprido", afirmou.

No salto com vara, Patrícia Gabriela lamentou o fato de estar sem ritmo de competição. "Estou treinando muito e o objetivo era saltar 4,45 m no mínimo, mas não deu", lembrou. "Estou muito feliz com a medalha e nem tanto com o resultado."

O 16º Campeonato Ibero-Americano de Atletismo 2014, cuja entrada do público é gratuita, é uma realização da Confederação Brasileira de Atletismo, com patrocínio da CAIXA e apoio do Governo do Estado de São Paulo e da Federação Paulista de Atletismo.