Etíopes dominam São Silvestre com vitórias entre os homens e as mulheres

31/12/2014 14:27

Nas ruas de São Paulo, Dawit Admasu e Ymer Wude Ayalew deixam quenianos e brasileiros para trás e colocam país africano no topo. Giovani é 5º e Josiane fica em 8º.

 
"Hoje a festa é sua, hoje a festa é nossa, é de quem quiser, quem vier", diz a música que embala as comemorações de fim ano e parece retratar o espírito da São Silvestre. Com o grande número de 30 mil competidores de 42 países, a tradicional prova de 15km disputada nas ruas de São Paulo, no dia 31 de dezembro, teve realizada nesta quarta-feira a sua 90ª edição. E, por mais um ano, os africanos desembarcaram no Brasil, tomaram conta da festa e não deram chance para os atletas brasileiros, que não vencem dentre os homens desde 2010 e dentre as mulheres desde 2006. Porém, se nas últimas temporadas, o domínio era queniano, desta vez só deu Etiópia. Com uma arrancada na transição da Avenida Brigadeiro Luis Antônio para a reta final na Paulista, Ymer Wude Ayalew, vencedora da São Silvestre em 2008, conquistou o bicampeonato ao cruzar a linha de chegada em primeiro lugar, com o tempo de 50min43s, seguida de perto pela compatriota Netsanet Kebede (50min43s). A melhor brasileira foi Joziane Cardoso, com a modesta oitava posição. Dentre os homens, o vitorioso foi Dawit Admasu, com o tempo de 45min04s, apenas um segundo à frente do queniano Stanley Kooch. O melhor brasileiro foi Giovani dos Santos, com a quinta colocação (45min22s). Os africanos chegam muito fortes, mas eu também estou trabalhando bastante. Estou feliz de ter conquistado mais um pódio. Uma hora, a São Silvestre vai ser minha, vai chegar essa hora. Quero agradecer a todos que torceram por mim - afirmou Giovani.Os relógios marcavam 8h40 (de Brasília), quando a elite feminina largou em frente ao museu Masp na Avenida Paulista. Com temperatura de 24 graus, as brasileiras Sueli Pereira e Joziane Cardoso tentavam manter o mesmo ritmo das favoritas quenianas Nancy Kipron e Prsicah Jeptoo, além da etíope Ymer Wude Ayalew. Porém, após os primeiros minutos as africanas já deixavam claro que dominariam a prova por mais um ano. Sueli conseguia manter-se no pelotão de frente, porém já dava indícios de que não suportaria o ritmo forte das estrangeirasCom seis atletas, a nata da prova feminina caminhava com passadas largas na Barra Funda, quando às 9h04, os homens largavam na Paulista. Na frente, a elite partia em busca de um grande resultado na importante prova de rua paulistana. Em busca do bicampeonato, o etíope Tariku Bekele tomava a dianteira, mas tinha ao seu lado os quenianos Mark Korir e Stanley Koech e o brasileiro Giovani dos Santos. A grande festa vinha vários metros atrás, onde atletas amadores e gente do Brasil inteiro lotava a avenida mais famosa de São Paulo para celebrar o fim de ano praticando esporte e tentar completar os 15km da 90ª edição da prova mais popular do atletismo brasileiro.

As atléticas etíopes Ymer Wude Ayalew e Netsanet Kebede se desgarraram do pelotão e seguiram juntas em uma empolgante disputa rumo ao topo. A definição só aconteceu no quilômetro final, quando Ayalew demonstrou o seu conhecimento de campeã da prova para dar um sprint final, deixar a compatriota para trás e celebrar o bicampeonato nas ruas paulistanas. A melhor brasileira foi Joziane Cardoso, que ficou com a oitava colocação.Com o fim da prova feminina, todas as atenções puderam ser voltadas para a disputa entre os homens. E o que se viu foi o etíope Dawit Admasu acelerar na subida da Avenida Brigadeiro Luís Antônio. Apesar de estar seguido de perto pelo queniano Stanley Kooch, ele entrou triunfante na reta final, na Paulista, e cruzou a linha de chegada com o bom tempo de 45min04s. Stanley veio logo atrás, com 45min05s. Fabiano Naasi, da Tanzânia, foi o terceiro colocado, com 45min10s. Mark Korir, do Quênia, ficou em quarto (45min19s) e Giovani dos Santos foi o melhor brasileiro, ao fechar a prova em quinto lugar, com o tempo de 45min22s.RESULTADOS

Masculino:

1. Dawit Admasu (ETI) - 45min04s
2. Stanley Kooch (QUE) - 45min05s
3. Fabiano Naasi (TAN) - 45min10s
4. Mark Korir (QUE) - 45min19s
5. Giovani dos Santos (BRA) - 45min22s

Feminino:

1. Ymer Wude Ayalew (ETI) - 50min43s
2. Netsanet Kebede (ETI) - 50min46s
3. Prisca Jeptoo (QUE) - 51min29s
4. Feyse Boru (ETI) - 52min31s
5. Delvine Meringor (QUE) - 52min34s