Fatores que causam fascite plantar em praticantes de caminhada

04/01/2014 12:16

Tensão da musculatura da panturrilha altera a conformação do arco plantar e aumenta a sobrecarga sobre a fascia, podendo levar a sua inflamação

Dor na sola do pé, na região próxima ao calcanhar, é um dos sintomas clássicos da fascite plantar, inflamação em uma estrutura fibrosa que sustenta o arco do pé, denominada fáscia plantar.

Já escrevi uma coluna sobre a fascite plantar em corredores, mas esse problema também acomete os praticantes de caminhada, que às vezes não passam para a corrida devido ao incômodo no pé.

Na corrida, os principais fatores que geram sobrecarga na fascia plantar e levam à sua inflamação são o alto impacto do corpo com o solo e a pronação exagerada do pé. Na caminhada, esses fatores também exercem influência, porém pesquisas apontam outras causas principais:

Tensão nos músculos da panturrilha: a tensão exagerada da musculatura da panturrilha altera a conformação do arco plantar e aumenta a sobrecarga sobre a fascia, podendo levar a sua inflamação;

Tensão nos músculos posteriores da coxa: Uma maior tensão dos músculos posteriores da coxa muda a posição do joelho e consequentemente também a do tornozelo, que tem seu movimento de dorsiflexão (movimento de girar o pé para cima) diminuído. A menor dorsiflexão do tornozelo aumenta a tensão sobre a fascia plantar do pé, o que cronicamente pode levar à fascite plantar.O alongamento da panturrilha e dos músculos posteriores da coxa é uma das ferramentas no tratamento da fascite plantar (pois tem um efeito de relaxamento muscular), porém não deve ser a única.

As causas das tensões musculares e as alterações de movimentos que elas causam particularmente em cada pessoa devem ser avaliadas e corrigidas para que o tratamento seja mais efetivo.