Giovani leva o tri e puxa dobradinha brasileira na Volta da Pampulha

08/12/2014 12:50

Mineiro e Joziane Cardoso superam quenianos em Belo Horizonte

 
O sorriso tomou o rosto de Giovani dos Santos a poucos metros da linha de chegada. Nem parecia que o mineiro estava finalizando os 18km da Volta da Pampulha ou que os africanos estavam na sua cola, ainda tentando a vitória. O fundista brasileiro fez aviãozinho na certeza de que pela terceira vez o título não lhe escaparia em Belo Horizonte. O tricampeão puxou a dobradinha verde-amarela. Na prova feminina, sua companheira de equipe Joziane Cardoso superou as favoritas africanas para vencer já em sua primeira participação na Pampulha- Trabalhei muito. A gente abre mão de muita coisa. Não fui à formatura da minha filha. É um momento de glória - disse Giovani.

Giovani travou um duelo acirrado com o tanzaniano Joseph Panga. Só no último quilômetro o mineiro conseguiu abrir uma pequena vantagem, suficiente para garantir uma chegada tranquila, com direito a aviãozinho. Giovani completou os 18km em 53min51s, apenas três segundos à frente do africano. O também tanzaniano Meiam Reginald ficou na terceira colocação (54min06).

Na disputa feminina, a queniana Jane Seurey e a tanzaniana Natalia Sulle chegaram a abrir boa vantagem, mas Joziane buscou as africanas e as ultrapassou, completando a prova em 1h02min42s. Suerey ficou na segunda posição (1h02min52), e Sulle foi a terceira colocada (1h02min53).Com os resultados, o Brasil empatou com o Quênia no número de vitórias da Volta da Pampulha. Agora cada país tem oito títulos entre os homens e oito entre as mulheres.