Grupo em Divinópolis se prepara para Volta Internacional da Pampulha

31/10/2013 16:57

Cerca de 40 pessoas treinam para percorrer os 18 quilômetros do trajeto. Há três anos, grupo de corrida participa da tradicional competição

Uma das mais tradicionais corridas em Minas Gerais, a XV Volta Internacional da Pampulha, atrai todos os anos corredores de diferentes lugares. Entre esses adeptos, está um grupo de Divinópolis, que há três anos participa do evento.

Liderados pelo treinador João Luís Santos Weitzel, cerca de 40 pessoas treinam todos os dias para a corrida, que será realizada no dia 1º de dezembro. Segundo Luis, o número de divinopolitanos inscritos é ainda maior.

No total, devem ir aproximadamente 80 pessoas. A Volta da Pampulha é uma das corridas que incentivamos os corredores do nosso grupo a participar. O que nos motiva é que é tradicional no estado, numa cidade perto de Divinópolis e um evento que reúne muita gente. As pessoas isso corrida no currículo – explicou Luis.

Treino forte

A preparação para a corrida começa cedo, com quatro meses de antecedência. Três vezes na semana, o treinamento é especifico, intercalando com musculação e pedalada. Para conquistar os quase 18 quilômetros do trajeto que contorna toda a lagoa da Pampulha o grupo também realiza um “longão” aos finais de semana.

– Geralmente, durante a semana corremos por uma hora, fazendo em média 10 quilômetros, dependendo do condicionamento da pessoa. Nos fins de semana, fazemos o “longão”, que na linguagem do corredor significa um treinamento com um trajeto maior. Chegamos até 25 quilômetros em um treino desses – disse o treinador.

Entre os membros do grupo está a motorista de van Juliana Amaro. Esta será a sexta vez que a corredora participa da Volta da Pampulha. Ela, que correu a Maratona do Rio de Janeiro, se prepara para a São Silvestre e foi premiada na Meia Maratona Internacional de BH, acredita que não poderia deixar fora do seu calendário a corrida em Belo Horizonte.

– Dentro de Minas, essa corrida é a mais importante. Fecha o calendário de corridas com a Volta da Pampulha e acredito que é um privilégio para todo corredor participar. Pelo menos para os mineiros, essa é a mais importante – comentou Juliana.

E a rotina sofreu mudanças durante esse tempo de preparação.

– Estou correndo quase todos os dias da semana, intercalando treinos pesados, musculação e bicicleta. A alimentação também mudou, deixei as comidas gordurosas de lado e passei a comer mais alimentos saudáveis. É preciso se entregar à corrida – contou a corredora.