Izabela e Nubia vão às finais do Mundial de Juvenis

25/07/2014 07:15

Izabela Rodrigues e Nubia Soares classificaram-se nesta quinta-feira 24 para as finais do lançamento do disco e do salto triplo do Campeonato Mundial de Juvenis de Atletismo, que será disputado até domingo 27, no Estádio Hayward Field, em Eugene, nos Estados Unidos.

Izabela obteve o primeiro lugar na qualificação geral de sua prova, com a marca de 55,96 m, novo recorde brasileiro da categoria até 19 anos. A final será nesta sexta-feira 25, a partir das 23:45 de Brasília. Já Nubia obteve a vaga na terceira e última tentativa ao conseguir 13,27 m (-1.0). O triplo será decidido neste sábado 26, a partir das 20:30 (também de Brasília).

Normalmente contida, a paulista retribuiu com acenos a comemoração dos outros atletas brasileiros que assistiam à prova nas arquibancadas. "É o melhor resultado da minha vida e claro que fiquei feliz. Posso lançar mais e espero fazer isso na final", comentou a atleta, que entrou na prova com a sexta marca do Ranking da IAAF de 2014 (55,32 m).

Izabela já era recordista brasileira. A sua melhor marca anterior era de 55,88 m desde outubro de 2013, quando conquistou a medalha de ouro no Sul-Americano da Argentina. É campeã também do Pan-Americano de Medellín, realizado também no ano passado, na Colômbia.

"Estava um pouco nervosa antes de entrar na pista, com uma sensação de mal-estar, mas foi só chegar à área de competição que fiquei bem tranquila", lembrou, sorrindo. Ela nem precisou fazer a terceira tentativa a que tinha direito porque já estava classificada. Antes da final do lançamento do disco, a atleta participa da qualificação do arremesso do peso, a partir das 10:10 locais (14:10 de Brasília) desta sexta-feira.

"A disputa da qualificação do peso vai ser boa para ela relaxar", comentou o técnico João Paulo Alves da Cunha. "A Izabela é tranquila e tem potencial para lançar o disco entre 55 e 57 metros", disse o treinador.

Controle emocional - Nubia Soares, ao contrário de Izabela, teve maiores dificuldades e precisou mostrar sangue frio. Ela queimou as duas primeiras tentativas e só obteve a classificação na última. "Depois do primeiro salto sempre consigo me acalmar. Mesmo com dores na coxa, parti para cima e estou na final", comemorou a mineira, quarta colocada no ano passado no Mundial de Menores (17 anos), em Donetsk, na Ucrânia. "Agora é fazer melhor na final."

Na mesma prova, Gabriele dos Santos não se classificou. Ela foi a oitava no Grupo B, com 13,13 m (1.0). "Estava me sentindo cheia de energia, não fui bem", lamentou.

Mais provas - Outros atletas brasileiros participaram da primeira etapa desta quinta-feira. Nas eliminatórias dos 200 m, Vitor Hugo dos Santos e Vitória Cristina Rosa, por exemplo, passaram às semifinais da prova, que serão disputadas ainda nesta quinta-feira, a partir das 22:10 de Brasília. Vitor Hugo foi segundo colocado na sexta série, com 21.33 (-0.2), enquanto Vitória foi a terceira na série 7, com 24.05 (0.9). Mirna Marques da Silva e Gabriel Constantino não avançaram.

Valdivino dos Santos não conseguiu repetir suas melhores marcas e terminou em 15º lugar na qualificação do arremesso do peso, com 18,45 m, ficando fora da final.

Já nas semifinais dos 400 m com barreiras, Jucian Pereira terminou em quinto lugar na primeira das três séries, com 51.98. "Queria muito ir à final, mas não deu. Tive problemas de lesões e a temporada só está começando agora", afirmou o atleta, que completa 19 anos nesta sexta-feira.