Jadel Gregório é bronze no salto triplo do Troféu Brasil: "Teve gosto de ouro"

10/10/2014 21:34

Atleta do salto triplo vice-campeão mundial em 2007 fica em terceiro no Troféu Brasil. 

 

As palmas de Jadel Gregório antes de cada um dos saltos são as mesmas. O resultado, nem tanto. Duas vezes finalista olímpico e vice-campeão mundial em 2007, Jadel Gregório continua com seu tradicional ritual de pedir para que o público bata palmas para "marcar" suas passadas. Mas, aos 34 anos, o corpo não aguenta mais sua vontade de superar os limites. No Troféu Brasil, que está sendo disputado no Ibirapuera, em São Paulo, o atleta do salto triplo ficou com a medalha de bronze, com a marca de 16,42m. O título foi para Jonathan Silva, com 16,53m. Apesar da terceira posição, Jadel comemorou o resultado, pois passou por duas lesões na perna esquerda nos últimos meses:

- A competição para mim foi muito boa, saí sem lesão, isso para mim foi muito bom. Teve gosto de ouro. Agora, é continuar nesse ritmo e focado, sempre melhorando. Tenho muita coisa para dar até 2016- disse o atleta, que tem no currículo o título dos Jogos Pan-Americanos de 2007.

A última competição de Jadel havia sido em fevereiro, quando tentou fazer o índice para o Campeonato Mundial Indoor. Sem sucesso, o atleta mudou os planos e está treinando nos Estados Unidos desde abril e foi contratado pelo Pinheiros para participar do Troféu Brasil de Atletismo. 

Outra atleta com currículo destacado que subiu ao pódio no Troféu Brasil foi Keila Costa. Finalista olímpica em 2008, a saltadora ficou com a medalha de ouro no salto em distância com a marca de 6,63m.