Maratonista Gilmar Silvestre é suspenso provisoriamente por doping

22/04/2014 23:41

Atleta do cross country é flagrado com duas substâncias proibidas.

O maratonista Gilmar Silvestre foi suspenso provisoriamente pela Confederação Brasileira de Atletismo após testar positivo em um exame antidoping, realizado em fevereiro, na cidade de Timbó, durante a Copa Brasil de Cross Country. Em comunicado, a entidade informou que foram identificadas no atleta mineiro as substâncias proibidas Hidroclorotiazida e Metabólito (Cloraminofenamida), dois tipos de diuréticos.

Na nota, a CBAt informou que o atleta foi comunicado no dia 18 de março sobre o resultado analítico adverso na amostra "A" de sua urina. As justificativas dadas por Gilmar não foram aceitas pela entidade e ele não pediu o exame da amostra "B" de sua urina no prazo determinado pelas Regras da Federação Internacional.

O maratonista foi suspenso provisoriamente a partir de 16 de abril. Ele ainda tem 14 dias a contar a partir desta data para solicitar o seu julgamento pelo Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD) da CBAt.