Oswaldo Valdemir Pizani completa 97 anos

10/12/2013 13:43

Um dos mais antigos dirigentes do Atletismo nacional completa 97 anos de idade nesta segunda-feira (9). Trata-se de Oswaldo Valdemir Pizani, que foi vice-presidente da Federação Paulista de Atletismo e diretor de Veteranos da Confederação Brasileira de Atletismo.

Atualmente aposentado, vive na cidade de Bento Gonçalves, no Rio Grande do Sul. Até alguns anos atrás, ele ainda ministrava cursos de arbitragem oficiais, pela CBAt e FPA. É considerado o árbitro número 1 do Atletismo nacional. Em 5 de fevereiro de 2006, a Assembleia Geral da Confederação concedeu a Pizani, que desde os anos 1930 atua no esporte-base nacional, o título de "Membro Emérito".

Pizani dirigiu as principais competições nacionais e acompanhou a carreira de muitos atletas. "O primeiro grande atleta que vi competir foi Nestor Gomes", contou em entrevista, referindo-se ao fundista que por três vezes foi campeão da São Silvestre na década de 1930. "Depois, é claro, vi Adhemar (Ferreira da Silva), (Nelson) Prudêncio, João Carlos (de Oliveira), Joaquim (Cruz) e tantos outros", falou, após citar estes quatro medalhistas olímpicos.

"Pizani faz parte da nossa história", afirmou o presidente da CBAt José Antonio Martins Fernandes, o Toninho. "A sua contribuição para a evolução do Atletismo no Brasil, como dirigente e árbitro, é das mais importantes. Temos muito que agradecer ao 'seo' Pizani", completou o dirigente.