Pegue leve nos primeiros treinos do verão para não 'ferver' o organismo

22/12/2014 19:44

Em média 70% da energia que você gasta para correr em dias quentes é destinada a estabilizar a temperatura. Só 30% são gastos com o movimento.

 

verão começou e a tendência é que a temperatura média das próximas semanas aumente. Independentemente das preferências pessoais por distâncias e ritmos, alguns ajustes e estratégias podem alavancar a sua performance.

O corpo humano é uma máquina de calor: aproximadamente 70% de toda a energia gasta na sua corrida em dias quentes  é destinada a manter a temperatura interna do corpo estável. Ou seja, você literalmente gasta energia para não ferver. Isso mesmo, apenas 30% do total da energia gasta com a corrida te leva do ponto de largada ao ponto de chegada.

E isso nos dá uma noção da importância de manter o corpo apto a se resfriar, alguns ajustes nos próximos treinos podem tornar essa transição para os dias mais quentes um pouco mais suave para os corredores.

Na prática, você pode ajudar o seu corpo nessa tarefa bebendo mais água nos treinos, colocando algumas caminhadas na sua corrida, aumentando o intervalo entre as séries de velocidade (os “tiros”), fracionando os treinos mais longos com pequenos intervalos a cada quinze ou vinte minutos (intervalo de tempo suficiente para beber água e repor as energias sem pressa), e antecipando em alguns minutos a reposição energética (com gel, bebidas esportivas ou que preferir).Essas estratégias têm o objetivo de deixar o seu treino menos intenso e mais confortável. Ser mais conservador nessa transição para o verão não vai fazer com que você perca condicionamento, pelo contrário, ajudará o seu corpo na adaptação às mudanças de temperatura de uma forma mais saudável e menos desgastante. Aos poucos o seu ritmo confortável vai ficando mais eficiente e você vai calibrando os seus treinos mais intensos.