Pistorius demonstra angústia ao ser confrontado com foto de Reeva morta

09/04/2014 22:15

Julgamento do velocista é interrompido após promotor mostrar vídeo com imagem da vítima logo após a sua morte: 'Eu não tenho que olhar essa foto agora', disse o atleta.

O velocista biamputado Oscar Pistorius passou por um momento angustiante nesta quarta-feira, durante o seu julgamento em Pretória, na África do Sul. Durante a apresentação da promotoria, foi mostrado no tribunal um vídeo onde aparecia uma foto de sua ex-namorada, Reeva Steenkamp, momentos após o seu assassinato. Pistorius não conteve a emoção, demonstrando muita angústia ao ver a imagem. Agora é a olha de você olhar para ela - disse o promotor Gerrie Nel.

Pistorius, por sua, vez reforçou a versão de que cometeu um erro. Entretanto, o sul-africano não aguentou olhar para foto no momento em que foi confrontado por Nel. Neste instante, o juiz optou por interromper o julgamento por alguns minutos. Eu sei das minhas responsabilidades, mas não vou olhar mais essa imagem, pois eu a tenho em minha memória desde aquela noite. Eu não tenho que olhar essa foto agora, pois eu estava lá - disse Pistorius.

Caso seja considerado culpado, o sul-africano pode pegar pena de 15 anos à prisão perpétua, com direito a solicitar liberdade condicional depois de 25 anos. Iniciadas no dia 3 de março, as sessões já haviam sido prorrogadas para o início de abril e, após consenso entre defesa e promotoria, foram novamente adiadas. As partes concordaram com um recesso, deixando a decisão sobre o futuro do astro paraolímpico para o dia 16 de maio.