Promessa do atletismo, Janaína Santos exalta período de treinos no Canadá.

17/09/2015 18:25

Janaína e mais dez jovens de Pernambuco participam do programa Ganhe o Mundo.

Medalhista no Mundial Escolar, disputado no mês de junho, na China

, a atleta Janaína Santos, de 17 anos, está vivendo uma nova experiência intencional. Há um mês, a menina saiu de Ouricuri, no sertão de Pernambuco, para um período de treinos  no Instituto Nacional de Esportes da Universidade de Québec, no Canadá. Além dela, outros dez atletas pernambucanos estão participando do intercâmbio, através do Programa Ganhe o Mundo, do Governo do Estado.

 

A estadia no Canadá termina no dia 26 deste mês. Até lá, Janaína pretende aproveitar cada segundo dos treinos, das aulas e da cidade. Promessa nas provas de salto, a ouricuriense, que nasceu para o esporte graças ao projeto da Escola Estadual Dom Idílio, acredita que está evoluindo no atletismo. 

– Minha rotina é bastante corrida entre escola e treino. Não descanso nada na semana. Estudo de manhã e treino a tarde. Saio da escola e vou direto para o treino. É disso que o atleta precisa, vontade e um local adequado para treinar – disse. 

Para Janaína, a oportunidade de vivenciar novas culturas e aprimorar seu desempenho no atletismo são frutos do trabalho que vem desenvolvendo em sua cidade natal. Por isso, faz questão de lembrar do treinador Herton Diniz, que ficou no Brasil. 

Tenho que valorizar quem me colocou no meio do esporte – reconhece. 

Sobre o país da América do Norte, a atleta é só elogios. A tranquilidade do local e a hospitalidade da família que a acolheu, chamam a atenção da menina. Mesmo assim, a saudade do Brasil é inevitável. Sertaneja, a pernambucana sente falta até da intensidade do sol na região. 

– São pessoas maravilhosas. A minha mãe daqui quer que eu passe um ano no Canadá. O país bom. Só que ainda prefiro o meu maravilhoso Brasil. Aqui o sol não queima (risos). Sei lá como é isso – brinca.