Queniano é preso ao se esconder entre torcida e trapacear em maratona.

27/10/2015 05:50

Corredor cruzou a linha de chegada na segunda posição. No entanto, fiscais da prova descobriram que ele não percorreu nem um quilometro da disputa de Nairóbi.

Um homem foi preso e terá que responder acusações por fraude ao trapacear a disputa da Maratona de Nairóbi, no Quênia. De acordo com a agência de notícias ''AP'', fiscais da prova e a polícia local informaram que o homem identificado como Julius Njogu, de 28 anos, se escondeu entre um grupo de espectadores e entrou na corrida bem perto do fim. O incidente aconteceu neste domingo.

Njogu cruzou a linha de chegada em segundo lugar alegando ter aumentado sua velocidade na reta final. O lugar no pódio lhe renderia US$ 7 mil (cerca de R$ 28 mil) em prêmios caso não fosse desqualificado. Autoridades disseram que a desconfiança surgiu diante da falta de cansaço do corredor após supostamente ter completado o circuito de 42km. Posteriormente, descobriram que ele mal correu um quilometro do trajeto.

Imagens da transmissão da corrida mostraram imagens de Njogu discutindo com os fiscais da corrida e tentando mostrar bolhas em seus pés com o objetivo de provar que havia completado todo o percurso. 

- Segui o líder do início ao fim e não o fim. Ele não será reconhecido e fico desapontando em saber que alguém pode trapacear nos dias de hoje - disse o diretor da prova, Ibrahim Hussein.