Representante de Belarus em Londres 2012 é encontrada morta aos 31 anos.

19/11/2015 06:34

Yulia Balykina estava desaparecida desde outubro. Ex-noivo é suspeito do crime.

Representante de Belarus nos Jogos Olímpicos de Londres 2012, a atleta Yulia Balykina foi encontrada morta nesta segunda-feira em Minsk, capital de Belarus. Após mais de duas semanas de buscas em uma área de mais de 30 quilômetros, a polícia local encontrou o corpo da velocista enrolado em papel celofane e coberto por camadas de musgo. O ex-noivo da esportista, identificado como Dimitri V., é o principal suspeito do crime.

O falecimento de Balykina engrossa uma triste estatística. Desde o fim dos Jogos de Londres, 16 atletas que competiram naquela edição das Olimpíadas morreram, seja em acidentes, por doenças ou causas externas.

Balykina foi dada como desaparecida em 28 de outubro, e depoimentos de pessoas próximas colocaram Dimitri no foco das autoridades. Interrogado, ele negou que estivesse envolvido no sumiço da ex-noiva.

Yulia Balykina tinha 31 anos e era campeã nacional dos 100m e 200m. Em Londres, competiu ainda como integrante do revezamento feminino 4x100m ao lado de Yelena Nevmerzhitskaya, Katsiaryna Hanchar e Alina Talay. Com 43s90, o quarteto foi eliminado ainda na fase classificatória – o Brasil terminou em sétimo lugar, e os Estados Unidos sagraram-se campeões, com Jamaica e Ucrânia completando o pódio. 

Em 2013, Balykina testou positivo em um exame antidoping e precisou cumprir suspensão de 2 anos. Após o período de afastamento, ela voltou a competir em junho de 2015.