Velocistas brilham na final do Troféu Brasil Caixa de Atletismo

12/10/2014 13:12

O último dia do Troféu Brasil Caixa de Atletismo 2014 superou as expectativas. O encerramento aconteceu na manhã deste domingo dia 12, no Estádio Ícaro de Castro Mello, no Ibirapuera, em São Paulo. Houve bons resultados especialmente nos 200 m, no masculino e no feminino. Aldemir Gomes Junior (Brasil Vale Ouro) ganhou o entre os homens com 20.32 (1.6) e Ana Cláudia Lemos (BM&FBovespa) venceu no feminino com 22.81 (0.1).

"Igualei meu recorde pessoal e estou feliz, porque me dediquei muito nos treinos. Espero resultados ainda melhores em 2015", disse o carioca de 22 anos, que integrou a equipe olímpica brasileira em Londres-2012. "Vamos ter uma temporada cheia, com torneios internacionais importantes", completou Aldemir, referindo-se ao Mundial de Pequim, PAN de Toronto, Mundial Militar e Mundial de Revezamentos.

No feminino, Ana Cláudia esperava marca um pouco melhor. "Estou preparada para correr mais. O Troféu Brasil é uma competição dura, exige muito", afirmou a atleta cearense, que foi ouro também nos 100 m e no revezamento 4x100 m. "Agora vou descansar um pouco e definir minhas prioridades para 2015 com o meu técnico", concluiu, referindo-se ao treinador Katsuhico Nakaya.

Recorde sul-americano - Outro destaque foi Nubia Aparecida Soares (BM&FBovespa), que venceu o salto triplo com 14,22 m (1.0) - recorde sul-americano juvenil (até 19 anos) e sub-23. A marca dá à mineira o primeiro lugar no Ranking Mundial Juvenil, que era da francesa Rougy Daiallo, campeã mundial em Eugene com 14,20 m (1.8).

"Tenho certeza do que posso saltar mais. Meu objetivo é superar os 15 metros", avisou a atleta de 18 anos, nascida em Lagoa da Prata, que foi quarta colocada no Mundial de Menores de Donetsk, no ano passado, e oitava no Mundial de Juvenis de Eugene, em julho. "Estou pronta para voos mais altos. Acho que não sou mais promessa e, sim, realidade. Isso me permite pensar no Mundial de Pequim, por exemplo", lembrou a mineira, que pretende em 2015 prestar vestibular para o curso de Física, já que se interessa muito pela área das exatas.

Keila Costa (BM&FBovespa), que era a recordista sul-americana anterior da categoria, com 14,00 m desde 2001, ficou em segundo lugar na prova, com 14.06 (1.2) e elogiou a campeã. "Nubia é muito talentosa e tem tudo para superar logo os 15 m", comentou a pernambucana.

Nos 400 m com barreiras masculina, primeira vitória de Hederson Estefani (Pinheiros) no Troféu Brasil. "Já tinha vencido duas vezes os 400 m rasos, mas na minha prova principal foi a primeira vez", disse Hederson, que estabeleceu novo recorde pessoal com 49.59.

Higor Silva Alves (GR Barueri), por seu lado, ratificou a grande temporada em 2014 e venceu o salto em distância, com 8,18 m (0.6), recorde pessoal e a melhor marca do Ranking Brasileiro da temporada. Com o resultado, o paulista de 20 anos ocupa o 15º lugar no Ranking Mundial.

"Tive uma sequência de bons resultados este ano e estou muito feliz por ficar entre os 15 do mundo em minha primeira temporada como adulto", disse o saltador.

"Foi uma boa edição do Troféu Brasil, com boas marcas e nenhum problema", comemorou o presidente da Confederação Brasileira de Atletismo, José Antonio Martins Fernandes, o Toninho. "Vários atletas conseguiram bons resultados, como a Núbia, o Hederson, o Higor, a Ana Cláudia, o Aldemir", disse Toninho. 

"Agora à tarde vamos fazer o encerramento com uma festa para premiação dos atletas e das equipes campeãs", completou o dirigente, que fez questão de agradecer a todos que participaram da organização do evento.

O Troféu Brasil Caixa de Atletismo foi uma realização da Confederação Brasileira de Atletismo, com patrocínio da CAIXA, apoio do Governo do Estado de São Paulo e da FPA.

Pódio 7ª etapa

<5.000 m masculino
1º Joilsn Bernardo da Silva (BM&Fbovespa) 14:00.81
2º Robson Pereira de Lima (BM&Fbovespa) 14:00.97
3º Carlos Antonio dos Santos (EC Rezende Unimed Selam) 14:01.50

Salto triplo feminino
1º Nubia Aparecida Soares (BM&Fbovespa) 14,22 m
2º Keila Costa (BM&Fbovespa) 14,06 m
3º Tania Ferreira da Silva (BM&Fbovespa) 13,89 m 

Salto com vara feminino
1º Patricia dos Santos (ASA -São Bernardo) 4,20 m
2º Karla Rosa da Silva (BM&Fbovespa) 4,10 m
3º Alline Gonçalves (Pinheiros) 4,00 m

Lançamento do dardo masculino
1º Julio Cesar de Oliveira (BM&Fbovespa) 76,01 m
2º Jander Cardoso Nunes (IFAM Zona Leste) 69,79 m
3º Lucas Ivan da Silva (Orcampi/Unimed) 67,33

400 m com barreiras masculino
1º Hederson Estefani (Pinheiros) 49.59
2º Artur Terezan (Maringá) 49.83
3º Mahau Suguimati (Orcampi/Unimed) 49.97

400 m com barreiras feminino
1º Jailma Sales de Lima (BM&Fbovespa) 57.43
2º Liliane Barbosa (Pinheiros) 58.17
3º Lucimar Teodoro (Londrina Caixa) 58.67

Arremesso do peso feminino
1º Keely Christinne Medeiros (Pinheiros) 17,58 m
2º Geisa Arcanjo (Pinheiros) 17,20 m
3º Renata Severiano (Brasil Foods) 16,25 m

Salto em distância masculino
1º Higor dos Santos Oliveira (GR Barueri) 8,18 m
2º Paulo Sérgio Oliveira (BM&Fbovespa) 7,91 m
3º Danylo Martins (EC Rezende) 7,88 m

200 m masculino
1º Aldemir Gomes da Silva (Brasil Vale Ouro) 20.32
2º Bruno Lins (FCTE) 20.46
3º Jackson da Silva (FCTE) 20.46

200 m feminino
1º Ana Claudia Lemos (BM&Fbovespa) 22.81
2º Kauiza Venancio (AABLU) 23.29
3º Vanda Gomes (Pinheiros) 23.37

1.500 m feminino
1º Flavia Maria de Lima (FECAM) 4:19.15
2º Juliana Paula Gomes (BM&Fbovespa) 4:19.38
3º Tatiana Araújo (Pinheiros) 4:24.22

800 m masculino
1º Cleiton Abrão (Orcampi Unimed) 1:45.59
2º Lutimar Paes (BM&Fbovespa) 1:46.23
3º Lucas Gabriel Rodrigues (ARPA-SMEL) 1:46.50

110 m com barreiras masculino
1º Jonatha do Nascimento Mendes (BM&Fbovespa) 13.53
2º Eder Souza (Orcampi/Unimed) 13.65
3º Jonathas Brito (Pinheiros) 13.73


4x400 m feminino
1º Pinheiros - 3:33.92
2º BM&Fbovespa - 3:38.01
3º Orcampi/Unimed - 3:38.16

4x400 m masculino
1º BM&Fbovespa - 3:04.12
2º Brasil Vale Ouro - 3:07.27
3º Orcampi Unimed - 3:07.73