ESTÁ IMPOSSÍVEL OS ATLETAS PARAOLÍMPICOS DO BRASIL NO MUNDIAL 2013

27/07/2013 11:36

Alan Fonteles, definitivamente, não veio para brincar no Mundial de Atletismo Paralímpico, em Lyon, na França. O brasileiro conquistou, na tarde desta sexta-feira, 26, o terceiro ouro dele na competição. Depois do primeiro lugar nos 100m e 200m (T-43 – bi-amputado das pernas), e do recorde mundial nesta última distância, o paraense foi o mais rápido nos 400m (T-43/T-44 – prova entre bi-amputados e amputados).

Além dele, a bandeira brasileira tremulou no lugar mais alto do pódio nos 100m, T-11 (cego total) com Lucas Prado; Felipe Gomes ficou com a prata. Jonathan Santos terminou em primeiro no lançamento de disco, F-41 (anões). O paraibano Ariosvaldo Silva, o Parré, foi bronze nos 100m, T-53 (cadeirante). Com os três ouros conquistados nesta sexta-feira, o Brasil superou a quantidade de medalhas douradas conquistadas no último Mundial, em Christchurch, na Nova Zelândia, em 2011 (12).

Nos 400m (T-44) Alan largou atrás, mas, em poucos metros, os ultrapassou e começou a abrir vantagem. Sem ser ameaçado, cruzou a linha de chegada com o tempo 48s58, batendo o recorde do campeonato, que era do sul-africano Oscar Pistorius (49s42), de 2011, na Nova Zelândia.

As jovens Jenifer dos Santos e Verônica Hipólito disputaram o salto em distância, classe T-38. Verônica saltou 4m13 e ficou com a 6ª colocação, já a pernambucana Jenifer terminou em 11º com 3m72.

Terezinha Guilhermina e Jerusa dos Santos avançaram para a final dos 200m – T-11. Terezinha terminou a bateria em 25s96. Já Jerusa completou em 26s61. A atleta Jhulia Karol não correu, por conta de uma lesão.

 

QUADRO DE MEDALHAS

PAÍS
OURO
PRATA
BRONZE
TOTAL
1. Rússia
19
13
9
41
2. Brasil
14
8
13
35
3. Estados Unidos
12
14
14
40
4. Grã-Bretanha
11
9
7
27
5. Ucrânia
11
6
6
23
 
 
 
 
 

 

 

 

 

 

 


Crie um site com

  • Totalmente GRÁTIS
  • Centenas de templates
  • Todo em português

Este site foi criado com Webnode. Crie um grátis para você também!