SELEÇÃO DE PORTUGAL CHEGAM COM PARA O MUNDIAL DE ATLETISMO COM APENAS 12 ATLETAS

05/08/2013 15:31

A seleção nacional, hoje divulgada pela federação portuguesa da modalidade (FPA), dois dias antes da data prevista, não inclui a maratonista Marisa Barros, que já estava pré-selecionada desde maio e desta feita constitui "baixa" de última hora.

Pela primeira vez no historial da participação de Portugal em Mundiais, a Marcha é o setor que domina, com seis atletas, metade do total: Ana Cabecinha, Inês Henriques e Vera Santos (20 km marcha femininos), João Vieira e Sérgio Vieira (20 km marcha masculinos) e Pedro Isidro (50 km marcha). 
Um único atleta da dúzia que vai Moscovo compete em corridas na pista, o que é o mais reduzido total de sempre do atletismo português - trata-se de Dulce Félix, a atual campeã da Europa de 10.000 metros. 
Sem previsíveis resultados de topo e após alguns falhanços inesperados de mínimos, como foi o caso de Nélson Évora, Patrícia Mamona ou Jessica Augusto, já medalhados em grandes competições, Portugal apresenta-se com a segunda menos numerosa delegação de sempre. Pior, só em Helsínquia'83, há 30 anos, com 11 atletas na estreia dos Mundiais. 
A seleção parte para Moscovo a 07 de agosto, liderada por Samuel Lopes, vice-presidente da FPA e tendo como coordenador técnico Paulo Reis, técnico nacional de lançamentos e treinador de Irina Rodrigues. 
Integram a equipa mais seis treinadores, o que permite que nove dos 12 atletas estejam com o seu treinador habitual. São eles Fernando Pereira (Marcos Chuva), Vladimir Zinchenko (Marco Fortes), Raposo Borges (Edi Maia), Sameiro Araújo (Dulce Félix), Paulo Murta (Ana Cabecinha) e Jorge Miguel (Sérgio Vieira e Inês Henriques) - acresce à lista Vera Santos, treinada pelo também atleta João Vieira.

 


Crie um site com

  • Totalmente GRÁTIS
  • Centenas de templates
  • Todo em português

Este site foi criado com Webnode. Crie um grátis para você também!